Reflexões, pensamentos, sentimentos...


(Fonte: sehnsuchht, via navegou)


16481



Eu gosto de ser gostado. Isso é loucura? "


A Culpa É Das Estrelas. (via clarificou)

(Fonte: silencing-fear, via clarificou)



79517


(Fonte: erotizei, via drunk-0f-love)


6353

(Fonte: sitxlys, via drunk-0f-love)


74

(Fonte: vidamelife, via sub-interno)


642

(Fonte: divinalma, via premunir)


17773

Onde quer que eu vá, o que quer que eu faça, sem você não tem graça. "


Capital Inicial.   (via prolificar)

(Fonte: p-oetizo, via im4w4rrior)



13997

Reconciliação
— Amanda, atende esse celular.
— Não dá.
— Porque?
— Tem gente perto.
— Só me escuta.
— Não tenho mais nada pra falar com você.
— Só me escuta.
— Não.
— Porque não tá me respondendo direito?
— Tá tendo sorte de estar te respondendo.
— Não precisava ser grossa.
— Não fui, agora tchau.
— Amor, não. Conversa comigo.
— Amor? Amor é o caralho, Felipe. Amor é a filha da puta da menina que fica te ligando o dia inteiro e você ainda da bola. Vai, atende ela agora. Não tenho mais nada pra falar.
— Amanda, para. Amor é você. Amor é o que sinto por você. Amor é quando eu sai da minha casa de madrugada porque você disse que estava passando mal. Amor é eu ter deixado tudo pra trás pra me dedicar somente pra você. Amor é eu e você. Amor é nós.
— Felipe não adianta. Acabou tá? Não quero mais nada com você. Eu te amo? Tá, eu ainda te amo, te amo muito. Mas eu supero, sempre supero.
— Para Amanda, para. Eu não existo longe de você, dos teus cuidados, você sabe disso. Me atende.
— Liga, mas eu não vou falar nada.
No telefone:
— Bom Amanda, sei que você não vai poder falar nada, ou não quer falar nada, mas vou falar tudo que tenho pra te dizer. Eu te amo, de verdade. Antes de você chegar nada fazia sentido, eu saia e chegava de madrugada todos os dias, e me sentia vazio. Vazio por dentro, sem sentimentos, tudo oco. Você sabe que eu sou péssimo com palavras, você me conhece. Você sabe coisas minhas, que nem eu mesmo sei direito. Eu me apaixonei por você desda primeira vez que te vi, e você fala que nunca acreditou nisso, mas é verdade. A primeira vez que vi você sorrindo pra mim, foi algo… Mágico. E eu queria arrancar vários sorrisos seus pelo resto da minha vida. Amanda, amor dói. Até mesmo o correspondido, qualquer tipo de amor dói. Porque quando a gente ama, a gente vai fundo, sem medo. A gente se preocupa por coisas atoas, como se a pessoa esta respirando durante a noite. Amor é isso, Amanda. Amor é tudo isso que sinto por você. Eu não sei mais o que falar, porque é chato eu falando tudo isso, e você ai, caladona. Esse teu silêncio me quebra, cara. Seu silêncio, me dói, me fere. Só fala um “oi” se tiver me escutando.
Ela segura o choro, e evita que ele perceba sua voz de criança que sempre fica falha quando ela chora. — Oi.
— Viu, você tá chorando, e tentou disfarçar, eu te conheço Amanda, conheço suas manias, seu jeito. E gosto, e gosto tudo em você. Foi ciumes da sua parte, e você não consegue reconhecer isso. Meu coração é seu, aonde você estiver. Eu quero só você. Volta pra mim?
— Canalha, eu te amo. Você sabe, eu sempre acabo voltando pra você.
— Eu te amo.
— Promete nunca mais da bola pra essas suas amiguinhas?
— Vai começar de novo?
"


— Ela é chata, ciumenta e possessiva, e mesmo assim eu me amarro nela, cara. Amanda e Felipe.   (via in—flames)

(Fonte: quero-sentir-voce, via brubs88)



683

Página 1 de 70 1 2 3 4 5 6 »